Puro Impacto Fight Championship
Fotos: Priscila Santos Ferreira

Puro Impacto Fight Championship

A 23ª edição PIFC que aconteceu no dia 21 de novembro na Vip Station, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo, apresentou combates de K1 e MMA amadores e profissionais.

O sensei Jeovaldo Barreto e sua equipe se superaram mais uma vez. Como já é de costume, a cada edição o PIFC fica ainda melhor, tanto na organização, quanto na produção e qualidade das lutas. Desta vez contou com a transmissão ao vivo de todo o evento, com direito a narrador, comentarista e entrevistador, uma produção da Pegada Multimídia, que contou com o atleta do UFC, Marcos “Pezão”, nos comentários das lutas profissionais de MMA.

O principal destaque do evento foi a luta entre o atleta da casa, Marcos Zinhani e o carioca Jonathan “Texugo” Rodrigues, que travaram uma verdadeira guerra em cima do cage. Zinhani venceu o combate com um arm lock, mas quem ganhou mesmo, foi o público.

No combate principal Queila “Brava” fez juz ao apelido e não deu chances a Luana “Mexicana” vencendo por TKO.

K1 Amador

  • Oliver Kenzo Otani (Fernando Santos MT) empatou com Wiliam Ferreira (Puro Impacto);
  • Lucas Pinto (União ABC) venceu Jackson Sorriso (E.R.C Team) por decisão unânime;
  • Gilvan Ribeiro (Puro Impacto) venceu Yuri Fontoura (Thai Boxe) por decisão dividida;
  • Kennedy Augusto da Silva (Combat Força) venceu Igor Adesanya (E.R.C Team) por decisão unânime;
  • Juliano Gardenal (União ABC) venceu Guilherme Salgado (Escorpião – MF) por decisão unânime;
  • Alef Andrade (Puro Impacto) venceu Vitor da Silva Santos (Vinicius Machado / Muay Thai Team) por decisão dividida;
  • Vinicius Tonho (Uniao ABC) venceu Bruno Henrique (Dinho Fight Team) por interrupção médica;
  • Bruno Alexandre (Puro Impacto) venceu Samuel Victor da Silva (United Dragons Team / UDT) por decisão unânime;
  • Bruno Smith (E.R.C Team) venceu Thiago David Batista (Silvestre Team) por decisão unânime.

K1 Profissional

  • Pedro Henrique Lima (Bazeba Team) venceu Alef Alves dos Santos (Channarong) por nocaute;
  • Victor Xavier (Puro Impacto) venceu Josimar S. Rodrigues (Titãs) por decisão Unânime;

MMA Amador

  • Jose Ferreira “Babayaga” Jr. (Nakahara Fight Team) finalizou Anderson da Silva (Puro Impacto) com um arm lock;
  • Lucas Boccaldo Gomes (Predador Team Muay Thai) finalizou Douglas “Karate” Oliveira (BPT) com um triangulo;
  • Everson “Talibã” Santos (Puro Impacto) venceu Marciel Augusto Souza (Punhos Negro) por decisão unânime;
  • Vitor Pereira (One a One) nocauteou Rodrigo Miag (Brothers Fight);
  • Rodrigo Ramos (Gangstar Cat’s) venceu Leandro Silva (Silvestre Team) por decisão unânime;
  • Flavio “Predador” (Predador Team Muay Thai) venceu Joao Victor Silva “Babayaga” (Stilos Fighter) por decisão unânime.

Mma Profissional

  • Alisson Soares Lopes (Hunter Combat DFT) venceu Michel Arcanjo (One a One) por decisão dividida;
  • Andrey “Drey” Teixeira (D.F.T. Hunter Combat) finalizou Ailton Farias (Titã) com um mata leão;
  • Giuliano Nicolas (One a One) venceu Nilton Gomes dos Santos (Babuíno Gold Team) por decisão unânime;
  • Pedro Henrique (Ali Team) venceu Ueliton Souza (Dinho Fight Team) por TKO;
  • Marcos Zinhani (Puro Impacto) finalizou Jonathan “Texugo” Rodrigues (Rãteru) com um arm lock;
  • Queila Brava (Babuíno Gold Team) venceu Luana “Mexicana” Alves (BPT) por TKO.
Fechar Menu