UFC volta para a Ilha da Luta

UFC volta para a Ilha da Luta

Além das lutas principais entre Max Holloway e Calvin Kattar, e Michael Chiesa e Neil Magny, as duas noites reúnem oito brasileiros no total

O UFC inicia a sua terceira passagem pela Ilha da Luta com dois embates principais que são garantia de ação para os fãs. Primeiro, dois dos melhores pesos-penas se encaram, quando o ex-campeão e atual líder do ranking Max Holloway procura uma nova oportunidade de lutar pelo título diante de Calvin Kattar, sexto da divisão. Na sequência, duas estrelas do meio-médio – Michael Chiesa (#8) e Neil Magny (#9) – se enfrentam com o objetivo de entrar no Top 5 da categoria até 77kg.

Além dos dois embates, oito brasileiros estarão em ação nos dois eventos realizados na Ilha da Luta: o peso-pesado Carlos Felipe, a peso-galo Vanessa Melo, o peso-meio-médio Warlley Alves, o peso-pena Douglas Silva, o peso-meio-pesado Vinicius ‘Mamute’ Moreira, o peso-médio Markus ‘Maluko’ Perez, a peso-mosca Viviane Araujo e o peso-mosca Francisco Figueiredo, irmão do campeão Deiveson Figueiredo e estreante no UFC. 

O UFC FIGHT NIGHT: HOLLOWAY x KATTAR acontece no sábado, dia 16 de janeiro, na Yas Island, em Abu Dhabi, a partir das 14h. Holloway (21-6) pretende começar o novo ano com mais uma de suas grandes performances, além de garantir o retorno à coluna da vitória. Um dos melhores pesos-penas da história do UFC, o havaiano possui três recordes dentro da categoria: maior número de nocautes ou finalizações, maior número de vitórias no total e maior sequência de triunfos. Durante seu reinado como campeão, Holloway derrotou José Aldo, Brian Ortega e Frankie Edgar de forma dominante. Ele agora quer garantir a sua posição como líder do ranking e se tornar o primeiro atleta a finalizar ou nocautear Kattar no UFC. 

Favorito dos fãs, Kattar (22-4) quer impressionar nessa que pode ser considerada a principal luta da sua carreira e, de quebra, entrar na conversa sobre título. Um striker perigoso, o atleta subiu no ranking peso-pena com nocautes memoráveis sobre Shane Burgos, Ricardo Lamas e Jeremy Stephens. Ele espera manter a sua invencibilidade dentro da Ilha da Luta e provar que é um dos melhores contra um ex-campeão.

Outras lutas do card:

Os veteranos meio-médios Carlos Condit (31-13) e Matt Brown (24-17) se encontram na luta co-principal da noite 

O meio-médio Santiago Ponzinibbio (28-3) retorna depois de quase dois anos contra Li Jingliang (17-6)

A estrela de 2020 Joaquin Buckley (12-3) busca manter o bom momento contra Alessio Di Chirico (12-5) em luta válida pelo peso-médio

Os veteranos invictos do Dana White’s Contender Series Punahele Soriano (6-0) e Dusko Todorovic (10-0) se encaram pelo peso-médio.

Peso-galo em ascensão, a chinesa Wu Yanan (10-3) espera mostrar mais uma grande performance contra a novata Joselyne Edwards (9-2)

Destaque do Dana White’s Contender Series, Phil Hawes  (9-2) espera dar a Nassourdine Imavov (9-2) sua primeira derrota no UFC

Atual 13º entre os médios, Omari Akhmedov (20-5-1) espera defender sua colocação no ranking contra Tom Breese (12-2)

Direto de Feira de Santana, na Bahia, o peso-pesado brasileiro Carlos Felipe (9-1) busca sua segunda vitória no UFC contra Justin Tafa (4-1)

Os pesos-penas Nik Lentz (30-11-2, 1 NC) e Mike Grundy (12-2) buscam reencontrar o caminho das vitórias

Jacob Kilburn (8-3) e Austin Lingo (7-1) duelam para garantir a primeira vitória na divisão peso-pena no UFC

A veterana peso-galo Sarah Moras (6-7) espera impedir a brasileira Vanessa Melo (10-8) de conquistar sua primeira vitória no UFC

David Zawada (17-5) e Ramazan Emeev (19-4) se encaram em uma empolgante luta válida pelo peso-meio-médio

UFC® FIGHT NIGHT: CHIESA x MAGNY acontece na quarta-feira, dia 20 de janeiro, a partir das 11h. Michael Chiesa (17-4) tem como objetivo continuar sua ascensão no ranking meio-médio derrubando um dos competidores mais duros da divisão. Vencedor da 15ª temporada do The Ultimate Fighter, o americano se estabeleceu como um dos melhores pesos-leves do mundo com vitórias sobre Beneil Dariush e Jim Miller antes de subir para a categoria de cima em 2018. Desde a mudança, Chiesa se manteve invicto com triunfos sobre Rafael dos Anjos, Diego Sanchez e Carlos Condit. Ele agora busca a sua quarta vitória seguida e uma vaga no Top 5.

Atleta do UFC desde 2013, Neil Magny (24-8) já enfrentou os principais atletas da organização. Um dos atletas mais ativos do evento – com um recorde de cinco vitórias em 2014 – Magny tem em seu currículo vitórias sobre os ex-campeões do UFC Robbie Lawler, Johny Hendricks e Carlos Condit. Ele agora entra em 2021 de olho em mais um grande resultado e uma futura oportunidade de lutar pelo cinturão.

Outras lutas do card:

Vencedor da terceira temporada do The Ultimate Fighter Brasil, Warlley Alves (13-4) encara Mounir Lazzez (10-1)

O peso-pena Lerone Murphy (9-0-1) planeja se manter invicto contra o veterano brasileiro Douglas Silva (26-3, 1 NC)

Ike Villanueva (16-11) encara o brasileiro Vinicius Moreira (9-4), peso-meio-pesado contratado depois de participar do Contender Series Brasil

Em luta válida pelo peso-médio, Dalcha Lungiambula (10-2) encara o finalizador Markus Perez (12-4)

Oitava na divisão peso-mosca, Roxanne Modafferi (25-18) encara a brasileira Viviane Araujo (9-2), nona da categoria, em batalha que pode garantir vaga no Top 5

Em luta de promessas do peso-mosca, Su Mudaerji (13-4) espera impedir Zarrukh Adashev (3-2) de conquistar sua primeira vitória no UFC

O peso-mosca Francisco Figueiredo (11-3-1), irmão do campeão Deiveson Figueiredo, espera mostrar a que veio na sua estreia contra o atleta do Dana White’s Contender Series, Jerome Rivera (10-3)

O peso-leve Mike Davis (8-2.) espera estragar a estreia de Mason Jones (10-0)

Em empolgante luta de pesos-moscas, Matt Schnell (14-5) encara Tyson Nam (20-11-1) Contratada após participar da última temporada do Dana White’s Contender Series, Victoria Leonardo (8-2.) enfrenta Manon Fiorot (5-1) em luta válida pelo peso-mosca.

Fechar Menu